Follow by Email

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Pedófilo: O monstro de duas faces



 Pedófilo: O monstro de duas faces


Pedofilia é Crime!Denuncie este abuso.

 Pedofilia é Crime!Denuncie este abuso


A nossa luta é todo o dia contra o racismo, o machismo e a homofobia!

"Em geral, a unidade na luta das mulheres em nossas sociedades não depende apenas da nossa capacidade de superar as desigualdades geradas pela histórica hegemonia masculina, mas exige, também, a superação de ideologias complementares desse sistema de opressão, como é o caso do racismo. O racismo estabelece a inferioridade social dos segmentos negros da população em geral e das mulheres negras em particular, operando ademais como fator de divisão na luta das mulheres pelos privilégios que se instituem para as mulheres brancas.Nessa perspectiva, a luta das mulheres negras contra a opressão de gênero e deraça vem desenhando novos contornos para a ação política feminista e anti-racista, enriquecendo tanto a discussão da questão racial, como a questão de gênero na sociedade brasileira.
Esse novo olhar feminista e anti-racista, ao integrar em si tanto as tradições de luta do movimento negro como a tradição de luta do movimento de mulheres, afirma essa nova identidade política decorrente da condição específica do ser mulher negra. O atual movimento de mulheres negras, ao trazer para a cena política as contradições resultantes da articulação das variáveis de raça, classe e gênero, promove a síntese das bandeiras de luta historicamente levantadas pelo movimento negro e de mulheres do país, enegrecendo de um lado, as reivindicações das mulheres, tornando-as assim mais representativas do conjunto das mulheres brasileiras, e, por outro lado, promovendo a feminização das propostas e reivindicações do movimento negro." (ENEGRECER O FEMINISMO: A SITUAÇÃO DA MULHER NEGRA NA AMÉRICA LATINA A PARTIR DE UMA PERSPECTIVA DE GÊNERO, Sueli Carneiro)

O MOVIMENTO NACIONAL MÃES PELA IGUALDADE

O MOVIMENTO NACIONAL MÃES PELA IGUALDADE é formado por um grupo de mães e pais de vários lugares do Brasil que se uniram contra a discriminação, a violência contra a população LGBT, no nosso país. Somos um movimento LAICO, SUPRAPARTIDARÍSTICO E DEMOCRÁTICO. Este grupo foi criado para que as próprias mães dialoguem entre si e possam desenvolver ações concretas para desafiar a LGBTfobia.


Abuso sexual infantil agora é crime inafiançável

Abuso sexual infantil agora é crime inafiançável.Punição também valerá para quem favorece o crime, não somente para quem pratica; as penas podem variar de quatro a dez anos de prisão em regime fechado

Violência Doméstica

Violência Doméstica: "É DEVER de todos prevenir a ocorrência de ameaças ou violação dos direitos das crianças e dos adolescentes. A violência doméstica existe em todas as classes sociais, e a mesma ocorre no seio da família, praticada exatamente por aqueles que deveriam oferecer e garantir a proteção. Isso acontece devido ao silêncio do qual participam os pais abusivos, os parentes, vizinhos e a sociedade em geral. A violência doméstica pode ser: SEXUAL, PSICOLÓGICA, FÍSICA e FATAL.




Os Canalhas Também envelhece!

A técnica em segurança do trabalho Benedita Pinheiro, de 34 anos, diz que vai demorar para esquecer as mensagens recebidas no WhatsApp do celular nos últimos sete dias. Ela manteve contato por uma semana com um homem, de 69 anos, se passando pela filha de 8 anos. De acordo com a mãe, o suspeito escrevia nas mensagens que queria manter relações sexuais com a criança oferecendo dinheiro e presentes. A troca de mensagens auxiliou a polícia na prisão do idoso.

Assédio contra crianças na web deve ser denunciado

Comentários em redes sociais a respeito de uma criança de 12 anos, participante do programa Masterchef Junior, trouxeram à tona nesta semana o debate sobre a chamada cultura de estupro no país e o assédio a meninas. Usuários do Twitter postaram mensagens que incitavam a violência sexual contra a participante-mirim do programa de culinária.
O debate cresceu nas redes sociais e o projeto Think Olga criou uma campanha, com a hashtag #primeiroassédio, para que mulheres contem quando foi a sua primeira experiência de violência e, dessa forma, mostrar que o problema é bastante comum.  

sábado, 24 de outubro de 2015

Violência Doméstica: "É DEVER de todos prevenir a ocorrência de ameaças ou violação dos direitos das crianças e dos adolescentes. A violência doméstica existe em todas as classes sociais, e a mesma ocorre no seio da família, praticada exatamente por aqueles que deveriam oferecer e garantir a proteção. Isso acontece devido ao silêncio do qual participam os pais abusivos, os parentes, vizinhos e a sociedade em geral. A violência doméstica pode ser: SEXUAL, PSICOLÓGICA, FÍSICA e FATAL.

A vida é como uma prova de múltipla escolha, da qual não sabemos a alternativa correta!

REDUÇÃO DA IDADE PENAL: SOLUÇÃO OU ILUSÃO?

Não quero ser um gênio... Já tenho problemas suficientes ao tentar ser um homem.

Um dia você entende que o tempo não é inimigo. E que ele é o nosso maior mestre.