Follow by Email

segunda-feira, 26 de julho de 2010

TIÃO DE DEUS


Nascido na periferia de São Paulo, filho de Sebastiana da Silva, filho de pai desconhecido, Sebastião da Silva (vulgo Tião), um bebe de três quilos e meio, cinqüenta centímetros e de cor negra.

Saiu de uma maternidade pública direto para o morro onde morava sua mãe, num barraco que pendia na encosta de onde se via uma vista bonita da cidade. Tião como era conhecido,passou seus primeiros anos de vida em uma creche à beira do morro,pois sua mãe tinha que trabalhar de empregada doméstica em uma casa na cidade.

Tião não conheceu uma família nem tão pouco seu pai, tornou-se um menino muito ligeiro que corria pelos becos da favela todos os dias.

Na escola pouco freqüentava, tinha um comportamento dos piores e sempre procurava as más companhias. Era revoltado com o oque a vida lhe proporcionara,aos poucos foi se envolvendo com o trafico de drogas, Sebastiana sua mãe ocupada com seu trabalho e o sustento da casa nem desconfiava.

Alguns anos se passaram e Tião tornou-se um adolescente, seu envolvimento com o crime foi aumentando, ele não era uma pessoa má, mais não tinha ninguém para orientar, foi recrutado pelo traficante da área.

Dava cobertura a traficantes virou fogueteiro,avisava o traficante quando a policia chegava,começou a usar drogas e praticar pequenos furtos.

Antes mesmo de completar dezoito anos Sebastião já andava armado, até que um dia, a casa caiu.

São Paulo, não sei que de que dia, mês ou ano, pois para Tião nesse dia o tempo parou.

Estava sentado em uma pracinha no Parque Edu Chaves zona norte quando der repente ele encontrou seu tio o Nilson o qual te convidou para roubar. Saíram dali e foram para favela pegar as armas para uma aventura a qual lhe custaria quase seis anos de sua vida, por algo que pertencia ao seu semelhante.

Para ele um tempo perdido o qual pra recuperar se torna impossível, foi preso assinou o artigo 157 (roubo). Chegando à cadeia se deparou com situações difíceis, por ser um réu primário, não conhecia as normas da cadeia, ou seja, do cárcere da prisão.

Acabou indo trabalhar na faxina pagar a bóia (ou seja, entregar a comida nas celas).

Comida diga de passagem indigesta, cada dia um cardápio diferente ou um pesadelo diferente. Ali estava Tião menino de rua agora com dezenove anos preso.

Sua mãe desconsolada com á vida que o filho levava, desistira e o tinha como perdido nem mais o visitava na cadeia.

Certo dia, estava ele limpando sala de leitura e caiu-lhe sobre a sua cabeça um livro, pôs a mão na cabeça e proferiu alguns palavrões, passado a raiva, pegou o livro do chão, e percebeu que era a Bíblia.

Naquele exato momento ficou sem ação, não sabia se atirava ao longe o livro ou colocaria na prateleira, ameaçou joga-lo depois resolveu leva-lo para sua cela.

Antes de apagar a luz para dormir, Tião movido por um sentimento desconhecido começou a ler, abriu a bíblia em gênesis e descobriu que foi Deus que fez o mundo, os homens a sua imagem e semelhança.

Os outros detentos queriam reclamar mais como Tião era respeitado por todos ninguém falou nada, e Tião entrou madrugada a fora lendo a Bíblia e descobriu também que Deus enviara seu filho Jesus para morrer por nós, conheceu os mandamentos entre eles amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Tião que passava sua vida entre os maus espantou-se ao descobrir que havia um lado bom da vida.

A partir daquele exato momento teve seu coração amolecido e atormentou-se por todas as coisas erradas que tinha feito antes de ter encontrado aquele livro e naquela noite não mais dormiu.

Certo dia a cadeia recebeu a visita de uns missionários que cantou e levou o nome de Jesus aqueles detentos. Tião ficou emocionado e acabou fazendo amizade com um de seus componentes que lhe disse:

- Não é fácil entender logo a linguagem de Deus que chama a descobrir o que ele quer. A Bíblia traz muitos exemplos de pessoas que reagiram diante do chamado e demoraram par dar resposta.A primeira reação é sempre a incapacidade pessoal.

Mais Deus não escolhe os capacitados, mas capacitam os que escolhem para concretizar os seus planos.

Os missionários foram embora e Tião voltou para sua cela cheio de duvidas, abriu a Bíblia e recebeu de Deus a resposta que queria: Não tema, pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome; você é meu, eu te amo.

Aquele dia veio à transformação, e o bom comportamento de Tião, fizeram que as coisas para ele fossem mudando e já começara a ser conhecido por estas mudanças, passou a ter regalias, estudou e conseguiu terminar o ensino fundamental, depois concluiu o ensino Médio.

Tião temido por fazer o mal passou a ser respeitado por fazer o bem procurava acalmar a todos levando as palavras bonitas que aprendera.

Três anos se passaram e seu bom comportamento o levou a cumprir o resto de sua pena em liberdade.

Foi um dia de festa Tião voltava ao mundo, era como se tivesse nascido novamente,como que Jesus em sua infinita bondade lhe tivera dado outra chance de viver, repeti-se a historia de Saulo, que após perseguir o povo de Deus, foi por ele recrutado e tornou-se seu melhor discípulo.

Assim se fez na historia de Tião, quase igual àquela que ele não cansava de meditar e de admirar,começou a estudar sobre atos doa apostolos. Seguiu Paulo como a pessoa mais significativa que conhecera e através de quem via Jesus.

Os dias foram passando e Tião o apóstolo, sempre pregando o Evangelho, criou no morro onde antes praticava o mal um grupo de oração em uma pequena comunidade.

Com o apoio do amigo que sempre lhe visitava na cadeia pregava o Cristo vivo e ressuscitado no dia de hoje através da humanidade das pessoas. Aquela pequena comunidade foi crescendo tanto que já recebia visitas de outras comunidades.Tião era sempre procurado por menores carentes,pessoas humildes e necessitadas e a todos ouvia,ajudava como podia mais sempre em primeiro lugar apresentava Jesus como o rochedo que salva.

Tião entrou para faculdade de direito dava palestras e testemunhos sobre sua vida.

Sua mãe que o abandonara soube da noticia e procurou para pedir perdão por ter o abandonado. Qual então foi a surpresa quando ele abraçando-a disse que quem era ele para não perdoa-la frente a atitude de Jesus que a todos perdoou no momento mais difícil de sua vida,a crucificação.

Desta forma deu a ela a incumbência de cuidar das mães solteiras e abandonadas pela família, orientando-as na vida e na comunidade.

Os anos se passaram e Dr. Sebastião tornou-se advogado e muitas causas defendeu, criou um núcleo para verificação de processos dos presos, trabalho este que a muitos recuperou para a vida em sociedade.

Sebastião viveu muito, e num belo dia foi encontrado dormindo na paz de Jesus, em sua modesta moradia.

Seu nome sempre fora lembrado por muitos em sua comunidade, até um Político resolveu batizar uma praça da comunidade com seu nome.
Alguns amigos foram ao lugar onde Tião viveu, vasculhar documentos para apresenta-los a prefeitura a fim de sugerir seu nome para
aquela obra,lá encontraram uma velha Bíblia e dentro dela uma anotação na epistola de São Paulo.

Saulo, Saulo, por que me persegues?

Tião, Tião por que me persegues?

Também estavam escritos estas poucas palavras:

Mesmo que os poderosos não venham em socorro dos oprimidos, mesmos que as injustiças prevaleçam no mundo, Deus será o seu guia, o seu rochedo. Quem crê em Deus não estará sozinho, abandonado e nem injustiçado, pois Deus estará com você hoje e sempre.

Tião do mundo

Tião Temido

Tião esquecido

Serás agora... Tião de Deus.


DEUS NÃO ESCOLHE OS CAPACITADOS, ELE CAPACITA OS ESCOLHIDOS.


Em Homenagem a José Eugênio Rossi


Paulo Novaes

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Pedofilia

A PEDOFILIA PARECE QUE VIROU O ASSUNTO DO MOMENTO TRATAM UMA COISA TÃO TRISTE, PARA USAR COMO SENSASIONALISMO.
A IMPRENSA ESCRITA E FALADA EXPLORA TUDO ISSO, MAIS NÃO SABE O SOFRIMENTO VIVIDO PELO ABUSADO.
A VERDADE É QUE INFELIZMENTE A DESGRAÇA DA IBOPE.
DIGO ISSO PORQUE ACOMPENHEI VARIOS CASOS DE ABUSOS SEXUAIS É TRISTE VER O SOFRIMENTO DO ABUSADO E A CARA DE PAU DO ABUSADOR. E SABER QUE MUITAS VEZES A PROPRIA MÃE É CONIVENTE COM ESSA SITUAÇÃO.
PARTICIPEI DA CPI DA PEDOFILIA NA CAMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO, VÍ MUITOS DEMAGOGOS FALANDO SOBRE O CASO LEVANTANDO TESES. VEREADORES DIZENDO-SE QUE ESTAVAM ABRAÇADO A CAUSA,QUE LUTARIAM PELA MELHORIA,MAIS QUE NA VERDADE ESTÃO USANDO ISSO PARA SIMPLISMENTE USAR COMO PLATAFORMA POLITICA,E NADA MUDOU..
OS ABUSADORES ESTÃO SOLTO POR AI, PESSOAS ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA QUE VIVE NO MEIO DA SOCIEDADE, IMPUNES E ANDANDO A VONTADE.
ATÉ QUANDO VAMOS DEIXAR DE LADO O NOSSO COMODISMO E FAZER ALGUMA COISA REAL, PARA QUE REALMENTE ALGUMA COISA SEJA FEITA.
APROVEITO ESTE ESPAÇO PARA CONVIDAR AS PESSOAS DE BOA VONTADE A SE JUNTAR A MIM NESTA LUTA PARA FORÇARMOS O PODER PÚBLICO E A SOCIEDADE A SOLUCIONAR DE VEZ ESSE PROBLEMA.
QUEM QUIZER PARTICIPAR DESTA LUTA ENTRE EM CONTATO COMIGO E VAMOS FAZER UM CORRENTE CONTRA A PEDOFILIA.

UM ABRAÇO

terça-feira, 20 de julho de 2010

Educação

ESCOLA

Reza a Constituição que todo Brasileiro tem direito à Educação, mas, infelizmente, está realidade está muito distante.
Porque um país sem Educação é um país sem futuro, e cada vez mais a cultura é uma questão de classe.
Temos que garantir que na periferia isso seja realidade, que nossos alunos tenham mais acesso ao teatro, à literatura, à dança, ao cinema, etc.
E que nosso professores, idealizadores e comprometidos pelas causas da educação, sejam vistos com respeito e valorizados, e que tenham maiores condições de ensinar. Temos que lutar pela redução do número de alunos por sala de aula, para que haja mais diálogo entre alunos e professores.
Não dispomos de condições para educar os nossos filhos, por isso a família tem que entender que a educação é fundamental.
Por exemplo, você tem que saber como foi o dia do seu filho na escola, com quem voltou da escola, com quem estava brincando na rua, quem eram os amigos e os pais dos amigos dos filhos.
Mas, infelizmente, a realidade é outra, as salas de aulas estão super lotadas, estão fazendo das nossas escolas um depósito.
Para o Estado e para prefeitura é muito mais barato encher as Escolas de alunos, do que construir novos estabelecimentos educacionais.
Temos que lutar!Porque a cultura é coisa que ninguém tira da gente, o dinheiro acaba as roupas se rasgam, mas a cultura nunca acaba.
Dizem que o Brasileiro não gosta de ler, mas sabemos que muitos deles ainda hoje não têm acesso a livros e outros nem se quer sabe ler.
Temos que promover a articulação da Escola com a comunidade, se unir contra a falta de segurança. Promover a educação popular e a mobilização social para superação da violência.
Precisamos cultivar e viver os valores humanos e cristãos, independentemente de nossa religião. Para isso precisamos ter coragem de ir contra a corrente e não esquentar com o que os outros possam pensar ou dizer,precisamos ter um ideal.




Paulo Novaes

sexta-feira, 16 de julho de 2010

INDIGNAÇÃO

Fico indignado com a situação das nossas crianças e adolescentes que estão sendo usados por adultos para servirem de escudo humano.
Seja no tráfico de drogas, nos roubos, e até nos envolvimentos de crimes.
Com a mentalidade de que ser menor se é impune e pode fazer o que quiser que não vai dar em nada.
Veja no caso do goleiro Bruno, colocaram um menor pra que possam aliviar a parte dele no crime
Veja bem não estou julgando nem condenando ninguém, pois até que provem ao contrario todos são inocentes.
Mas virou rotina um adulto cometer um delito, e usar uma criança ou um adolescente para assumir.
Temos que repensar essa questão e buscar uma solução para esse problema que está fincando crônico.
Muitos pensam em reduzir a maioridade penal, mais enquanto a Fundação Casa e nossos Presídios serem um depositam de gente não adianta nada.
Um dia conversando com um jovem que havia saído do presídio, me disse:
Agora que passei por uma cadeia estou diplomado, pois a cadeia é a faculdade do ladrão.
Fiquei indignado com a resposta, mais tive que concordar que realmente é verdade, o educando que está ensinando o educador.


Paulo Novaes

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Sejam todos Bem Vindos!

Estou aqui para ajudar, esclarecer duvidas e divulgar o trabalho que me move para um mundo de esperança de melhorias na vida de muitos.

Acesse:

Jardim Peri.Com