Follow by Email

domingo, 13 de dezembro de 2015

Não podemos nos calar diante as atrocidades, se não fazemos nada, estamos sendo cúmplices, coniventes com a situação.

Um bebê de um mês foi brutalmente agredido pelo próprio pai, um autônomo de 22 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário